Skip to content
Lançado o Selo de Denominação de Origem dos cafés especiais do Caparaó

Lançado o Selo de Denominação de Origem dos cafés especiais do Caparaó

Na tarde de sábado (17), a Associação de Produtores de Cafés Especiais (Apec), em parceria com o Sebrae ES e Sicoob Credisudeste, além da coordenação técnica do Incaper e Ifes, lançou oficialmente o Selo de Denominação de Origem (DO) do Caparaó para os cafés especiais da região que carregam o slogan “Beba um Caparaó”. Os produtores dos primeiros cafés selados receberam os certificados que dão o direito de ter o selo em suas sacas de café, trazendo toda a informação da origem do produto.

A presidente da Apec, a cafeicultora Cecília Nakao, lembrou que, para chegar até o lançamento do selo, foram quase nove anos de muito trabalho que começou no primeiro semestre de 2014, com um diagnóstico organizado pelo Sebrae/ES. “Começamos com 15 municípios, sendo nove do Espírito Santo e outros seis de Minas Gerais, e depois (São José do) Calçado entrou, totalizando 16 municípios”, recordou.

Para fazer o pedido de reconhecimento para ter o selo, o produtor precisa seguir o que está no Caderno de Especificações Técnicas e ser aprovado em assembleia da Apec. A pontuação mínima do café é de 80 pontos, conforme a escala de classificação estipulada no mercado. E, além do lançamento do selo, no evento, também foi apresentada a aplicação do projeto de Branding da Denominação de Origem, realizado pela parceria da Apec, Sebrae/ES e Sicoob Credisul.

O cafeicultor Afonso Donizete Abreu Lacerda, de Dores do Rio Preto, campeão do Coffe of the year, da Semana Internacional do Café (SIC), de Belo Horizonte, em 2016 e 2018, recordou que a região do Caparaó era conhecida como lugar de café ruim, mas isso mudou com muito trabalho. “Isso mudou, começando devagar com um grupo de produtores, para depois começarem a chegar os títulos, mas, para isso, é preciso trabalhar, fazer o produto para poder vender, porque não tem como vender o que você não tem, ou seja, tem que produzir primeiro para apresentar seu produto e ganhar a confiança do comprador”, ressaltou.

O representante do Ifes de Alegre, João Batista Pavesi, e o chefe do Incaper de Guaçuí, Maxwell Souza, anunciaram a entrega dos Selos de Denominação de Origem. Os dois órgãos foram responsáveis pelas questões técnicas do trabalho. Eles fizeram uma entrega simbólica para o cafeicultor Zé do Amaral, da comunidade de Fátima, Espera Feliz (MG), e também com convívio em Pedra Menina, Dores do Rio Preto (ES), destacando que o selo traz um QR Code pelo qual o comprador consegue acessar e rastrear as informações sobre a origem do café, onde e por quem é produzido. “Então, isso vai além da pontuação do produto, porque conta a história e mostra a integração de dois estados”, afirmou Maxwell Souza.

Zé do Amaral, que teve o primeiro café selado, agradeceu a oportunidade e destacou a importância da união da região. “O café fez isso tudo acontecer e temos que estar unidos, partilhar o conhecimento, para a região se tornar cada vez mais forte e conhecida”, afirmou. Segundo informações dos organizadores, haverá um leilão virtual dos cafés que receberam o selo.

O secretário de estado do Meio Ambiente, Fabrício Machado, que é de Guaçuí, estava presente e declarou seu entusiasmo com o que foi conseguido pela região do Caparaó que vai ser projetada para o mundo. Ele recordou da visita de uma comitiva dos Estados Unidos que esteve na região, recentemente. “Eles vieram conhecer as belezas naturais e saíram com ótima impressão do café”, contou, revelando uma nova possível fonte de renda para o setor. “A regulamentação do crédito de carbono pode ser uma nova fonte de renda, já que as lavouras sequestram uma quantidade significativa de carbono”, ressaltou.

Também houve um momento de emoção quando a presidente da Apec, Cecília Nakao, falou sobre a concretização do sonho do selo, deixando emocionados o gerente da Região Serrana do Sebrae/ES, Ivair Segheto, e o gerente de Negócios do Sicoob Credisudeste, Clodoaldo Heitor. Ainda estavam presentes o prefeito de Guaçuí, Marcos Jauhar, prefeito de Alegre, Nirrô Emerick, o deputado estadual Luciano Machado, o vice-prefeito de Guaçuí, Licinho, o deputado estadual eleito, Coronel Weliton, e o presidente da Associação Comercial, Agronegócio, Industrial e Serviços de Guaçuí (Acisg), Elias Carvalho Soares, entre outros.

Fonte: Aqui Notícias
Older Post
Newer Post

Leave a comment

Please note, comments must be approved before they are published

Close (esc)

Popup

Use this popup to embed a mailing list sign up form. Alternatively use it as a simple call to action with a link to a product or a page.

Age verification

By clicking enter you are verifying that you are old enough to consume alcohol.

Search

Added to cart